segunda-feira, setembro 12, 2005

Eu Tarzan

O cinema da minha infância transbordou-me de sonhos em que eu era cowboy ou tarzan. Mas o Tarzan Taborda, com tanga de leopardo e corpo de Hércules, também faz parte das minhas memórias. Chegou a ser duplo em Hollywood, onde partilhou glórias com John Wayne e com Robert Mitchum.
Dizem-me que ele morreu por estes dias. É mentira! Morreu o gigante Albano de Penamacor. O Tarzan Taborda mantem-se vivo no meu imaginário de criança. Eu, pelo menos eu, fingi vezes sem conta ser ele, quando passeava junto ao mar na praia das minhas miragens.
Não repararam?